Patrocínio


15 anos depois realizei um sonho: competir em uma etapa de nível mundial. Tá certo que o fato da etapa acontecer na minha cidade facilitou. Mas a foto com grandes nomes da minha geração já está na parede.

Comecei a competir aos 14 anos de idade por influência familiar: meu pai e meu tio formavam uma dupla de rally na década de 80. Mas até aí tudo bem... Todo mundo sofre influência de alguém para começar qualquer coisa. A parte mais rara é poder contar com o apoio deles.

Ao contrário do que acontece com muitos pilotos, junto a toda essa correria, sempre pude contar com o apoio em casa. Não só financeiro (pois início de carreira é sempre muito caro), mas minha família sempre se dedicou quase tanto quanto eu.

Durante o processo de preparação do primeiro carro de rally que montei, meu pai, que também foi piloto, estava sempre acompanhando. Minha mãe, mesmo não gostando muito, sempre esteve por perto. Na minha estréia no rally de velocidade, em 2003, 4 gerações de Zettel estavam torcendo no barranco.

Mas foi nessa última prova (Rally Internacional de Curitiba) que pude contar com apoio familiar de todos os lados. Então família, aqui fica registrado o meu agradecimento e a certeza de que eu não teria conseguido sem vocês.

Muito obrigado!

Compartilhar

Busca

Back to Top