Patrocínio

Neste artigo vamos falar sobre os obstáculos mais adrenalizantes da prática off-road. Preste bem a atenção, pois nestas subidas e descidas, um erro pode deixar você de “rodas para o ar”.

Estes obstáculos merecem uma atenção especial, pois quando há pouco atrito, eles se tornam muito perigosos. Lembre-se sempre de manter os vidros parcial ou totalmente fechados, pois em caso de acidente, fica mais difícil objetos entrarem pela janela. Os cintos de segurança devem estar bem afivelados sempre, e neste caso, o uso se torna essencial.

SUBINDO

Para enfrentar uma subida com segurança, é fundamental que você NÃO efetue trocas de marcha no meio da subida. Em uma rampa muito ingrime, a troca de marcha vai fazer o veiculo perder muita velocidade, forçando o conjunto na hora de voltar a tracionar.

O melhor a se fazer, é iniciar a subida em uma marcha forte, primeira ou segunda reduzida (se tiver). É importante não deixar que o veículo incline muito lateralmente, pois essa inclinação vai tirar o peso de uma das rodas da frente, e ela poderá patinar, fazendo seu jipe perder velocidade, ou até tombar em casos extremos. Se o obstáculo for muito liso, e seu veículo patinar perdendo totalmente a velocidade, não pare de acelerar ainda, comece a “bombar” o acelerador, a fim de facilitar a limpeza do pneu e recuperar atrito. Você pode virar o volante para os lados, para tentar encontrar um piso mais firme, mas importante verificar se as rodas não estão dentro de erosões, principalmente se o veículo tiver direção hidráulica, pois isso poderá causar a quebra do sistema.

No caso de não recuperar a velocidade, o jeito é voltar, mas não pense que isso é tarefa fácil, preste muita atenção, para parar de tracionar para frente, troque o pé do pedal do acelerador para o freio rapidamente, mesmo que o veiculo comece a escorregar para trás, engate a marcha ré e faça o procedimento de arrancada normal, para ele descer lentamente usando o freio motor. Depois de iniciar o movimento para trás, o freio pode ser acionado se for bem de leve, para não travar as rodas.
Depois de retornar ao inicio da subida, não desista, tente novamente, desta vez em com mais embalo e mais cuidado.

Se for uma subida com erosões muito grandes, pode ser melhor subir em primeira reduzida, contornando as valetas com cuidado, neste caso, se começar a patinar, retorne um pouco e prossiga com mais embalo.

DESCENDO

Quando você se deparar com uma descida íngreme, muito cuidado, inicie a descida, em primeira reduzida bem devagar sempre usando o freio motor. Lembre-se que assim como em subidas, não se deve em hipótese alguma deixar o veículo atravessar de lado, lembramos que o limite de inclinação lateral da maioria dos veículos off-road, não passa de 35°, e as subidas e decidas que enfrentamos, chegam acima de 45°, também em função disso, o uso do freio torna-se bastante perigoso, e só deve ser acionado se necessário e ainda assim, feito em leves toques para não deixar as rodas travarem e fazer o seu 4x4 rodar, caso isso aconteça, mantenha a calma, acelere um pouco e corrija a direção. Normalmente uma pequena acelerada é suficiente.

Um artifício muito bom nos jipes mais modernos que auxilia em descidas escorregadias, é o ar condicionado. Ele ajuda a segurar o giro do motor, sem fazer as rodas travarem.

Compartilhar

Busca

Back to Top