Patrocínio


Serão nove especiais (trechos cronometrados) em estrada de terra. O sábado, 4 de junho, promete um dia de muita velocidade e disputas na terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade. A competição terá sua terceira etapa na cidade litorânea de Santa Catarina.

O rali acontece no sábado, mas a programação começa ainda na sexta, 3, com o reconhecimento das pistas pelos competidores. Neste momento piloto e navegador vão as pistas com carros de passeio e é onde o piloto repassa ao navegador o que quer ouvir durante a prova. São demarcadas e graduadas curvas, saltos, retas e outros pontos a serem encontrados no dia de prova, tudo para que o piloto possa acelerar ao máximo no dia da prova.

Ainda nesta sexta-feira as equipes participam do shakedown, um treino de ajuste para os carros antes da prova. Este acontecerá e poderá ser acompanhado pelo público, em uma pista especialmente montada, junto a rua Manoel Bernardes, no bairro Itaipava. A largada promocional do Rali acontece às 20h30 na avenida Ministro Victor Konder, centro de Itajaí.

O rali, no sábado, contará com aproximadamente 233,70 quilômetros, sendo 144,15 km de deslocamentos e 89,70 km de trechos cronometrados.  A prova contará com três Provas Especiais, uma de 5,60 km, outra de 9,40 km e a mais longa com 14,90 km, respectivamente que serão repetidas três vezes cada, com um apoio mecânico ao término de “cada volta” (três especiais).

No final do rali haverá um super prime promocional ao lado do Centreventos da Marejada. O super prime não valerá para a prova, mas é um show a parte onde os competidores dão um verdadeiro show de manobras radicais com seus carros.

Competidores virão de várias parte do país para a disputa. Um das duplas presentes na prova é dos gaúchos Juliano Sartori/Rafael Sartori da equipe Bitshop Rally (Prodiet Farmacêutica/Abadia Competições). A dupla compete na categoria mais forte do Brasileiro de Rali, a Classe 3, para carros de tração 4x4, no caso da dupla um Mitsubishi Lancer.

“Estamos otimistas em relação a esta prova. Vamos a Itajaí em busca de um bom resultado visando nos manter em uma posição confortável na classificação do campeonato”, destaca o piloto Juliano.

Ele e Rafael mostraram boa performance na volta aos carros de tração integral vencendo uma das etapas disputadas em Erechim. Aliás a prova gaúcha servirá em partes de modelo para a estratégia do time neste final de semana. “Vamos manter a mesma estratégia de Erechim. Procurar um ritmo de prova forte e seguro podendo crescer a partir da terceira especial (trecho cronometrado”, acrescenta Juliano.

Outro piloto gaúcho na disputa é Bernardo Koller que estará competindo com o navegador catarinense Sidinei Broering, pela equipe oficial Chevrolet Rally Team/Off Limits (Eletrobras Eletrosul). A dupla compete na categoria Classe 9 (tração 4x2), a bordo do Chevrolet Celta 1.4.

Bernardo destaca expectativa positiva para este rali. “A organização está trabalhando bastante para realizar um bom evento e trouxe algumas novidades, o que é muito positivo. Quanto a equipe, trabalhamos no carro e fizemos alguns acertos. Estamos confiantes num bom resultado”, acrescenta o piloto.

Depois de vencer em Erechim, Bernardo diz que o importante é manter o foco nos objetivos para a temporada em cada etapa do Campeonato. “Como todas as provas, realizar um bom levantamento será fundamental para imprimir um bom ritmo sem acontecer imprevistos. Nossa estratégia será a mesma das duas primeiras etapas, andar forte mas com uma boa margem de segurança, sem correr riscos e pensando no resultado final do rali”, explica Bernardo.


Como assistir o Rali

Para o público que deseja acompanhar o Rali de Itajaí, seguem algumas dicas. O acesso ao Parque de Apoio, junto ao Centro de Eventos Marejada, é gratuito, assim como nos demais pontos, como o shakedown e a largada promocional. No sábado, 3, dia do Rali, é importante ter em mãos um mapa das pistas que foi disponibilizado pela organização no site oficial da prova, www.fauesc.org.br ou então no site do Campeonato Brasileiro, www.rallybrasileiro.com.br.

Compartilhar

Do Blog

O Sonho Que Muitos Não Entederão

Recebi esse texto de um amigo. Infelizmente o autor é desconhecido, mas reflete tudo aquilo que nós, automobilistas, vivemos. 


O Sonho Que Muitos Não Entenderão.

Ter um carro de corrida é um sonho pessoal. Um dia quando estiver muito velho e quando não puder andar mais, estará na minha garagem, ou nas minhas fotos do escritório, ou casa, assim como todos os troféus que serão as minhas memórias.

Leia mais...
by acls us

Busca

Agenda

14 - 15/09/2019 - Rally Rio Negrinho
Campeonato Brasileiro de Rally
26 - 27/10/2019 - Rally da Graciosa
Campeonato Brasileiro de Rally
Back to Top