Patrocínio

A dupla da casa Juliano e Rafael Sartori com o Mitsubishi Lancer Evo IX venceu a 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally na abertura da temporada de 2012 que fez parte neste sábado (19) do Rally Internacional de Erechim. Eles fecharam as seis especiais realizadas – a sexta especial Paulo Bento 2, de 22,5 foi cancelada por causa do acidente do Gol conduzido pela dupla Daniel Barros/Luiz Gustavo, categoria 4x2 no campeonato brasileiro.

Os brasileiros ficaram em quarto na classificação geral do Rally Internacional de Erechim, a mesma do certame sul-americano, disputando com mais 21 carros  4x4 com motor turbo, definidos no Brasileiro como categoria 4X4 turbo e no certame sul-americano como classes 2 e 3 (regulamento FIA), diferenciados por algumas liberações para os carros de classe 2, teoricamente mais rápidos.  “Mantivemos um bom ritmo apesar do piso com muitas pedras soltas e um probleminha eletrônico. O que importa é que chegamos à vitória”, comemorou o piloto Juliano Sartori.

A dupla paraguaia Gustavo Saba / Victor Aguilera foi a vencedora do certame sul-americano com o Mitsubishi Lancer Evo X R4 numa disputa acirrada com os argentinos Sebastian Abramian e Gustavo Franchello com W/Gol Trend MR e com seus compatriotas Alejandro Galanti / Marcelo Toyotoshi com Toyota Corola S2000, na terceira colocação.

As duplas Ulysses Bertholdo / Marcelo Dalmut e Victor Fischer / Sidinei Broering completam os três primeiros colocados para o Campeonato Brasileiro de Rally na categoria 4x4 turbo.  Com o melhor tempo no Super Prime de sexta à noite, Bertholdo liderou a prova de hoje entre os 21 carros 4x4 até a terceira especial, quando teve que lidar com um barranco a 170 km/h. “Estava com a quinta marcha engatada quando vi já estava dentro de uma lavoura e perdi mais de 30 segundos para voltar ao trecho”, contou o piloto que está com a estrutura montada para disputar o campeonato brasileiro completo em 2012.

Na categoria 4x2 Super / Classe 6, o vencedor no Brasileiro foi Fábio D’Agnol em parceria com Gabriel Morales com o Peugeot 207. Luccas Arnone / Felipe Costa com Peugeot 207 e Tedesco/Rafael Furtado com o Fiat Palio completaram os três primeiros da categoria.

Os dois XRC Peugeot 207 – Xtreme Rally Car, o novo carro brasileiro de rally - fizeram as suas estreias em Erechim e apesar de se tornarem a principal atração do final de semana não tiveram um bom dia na primeira apresentação para valer. A dupla Maurício Neves/KZ Morales abandonou logo na primeira especial com problemas de transmissão e Jean Pimentel e Thiago Osternack caíram numa vala na terceira especial do dia. “Testamos intensamente o carro e ele nunca apresentou esse problema. Estamos começando a ter o histórico do carro que é novo. Agora começamos a trabalhar melhor o projeto”, contou o piloto e idealizador do novo carro de rally que originou em uma nova categoria do campeonato brasileiro, a XRC.

O Rally Internacional de Erechim segue no domingo (20), com a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally e continuação da etapa sul-americana com quatro especiais que começam às 7h58 com previsão para terminar às 11h12.

Confira o resultado completo da prova

Compartilhar

Do Blog

O Sonho Que Muitos Não Entederão

Recebi esse texto de um amigo. Infelizmente o autor é desconhecido, mas reflete tudo aquilo que nós, automobilistas, vivemos. 


O Sonho Que Muitos Não Entenderão.

Ter um carro de corrida é um sonho pessoal. Um dia quando estiver muito velho e quando não puder andar mais, estará na minha garagem, ou nas minhas fotos do escritório, ou casa, assim como todos os troféus que serão as minhas memórias.

Leia mais...
by acls us

Busca

Agenda

01 - 03/11/2019 - Rally da Graciosa
Campeonato Brasileiro de Rally
Back to Top