Patrocínio


A partir de 2011 a marca vai competir em algumas etapas do Mundial FIA de Rali (WRC) e participará de toda a temporada a partir de 2012. Eu já gostava do estilo rápido e versátil do MINI. Se juntá-los ao estilo "rally" então... Agora sou fã de carteirinha!

O carro encarregado desta tarefa é o MINI Countryman WRC, que está sendo desenvolvido pela Prodrive, em estreita cooperação com MINI, e baseado no modelo de produção. O coração do poderoso carro de corrida é um motor de 1.6 litros, quatro cilindros turbo da BMW Motorsport. O carro está em conformidade com o novo regulamento Super2000 posto em prática pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que estipulam a utilização de motores turbo com 1600 cc e tração nas quatro rodas combinada com tecnologias relevantes. O resultado é uma reduçaõ de 25% dos custos gerais. A primeira unidade de teste do Countryman MINI WRC, que também estará disponível para as equipes privadas, está prevista para o segundo semestre de 2010.

Mini Cooper SEssa decisão tem o objetivo de continuar a história de sucesso do MINI no mundo dos ralis. Em 1960, o MINI Cooper S causou sensação com vitórias no lendário Rali de Monte Carlo. A empresa também provou o sucesso em muitas ocasiões no Campeonato de Rally Europeu. Tendo já demonstrou o carácter desportivo dos seus modelos em muitos países no MINI Challenge, agora a marca pretende estar presente em mais um nível: o WRC.

Ian Robertson, membro do Conselho Administrativo da BMW AG, responsável por Vendas e Marketing, diz: "Estou encantado com a participação da MINI em uma das modalidades mais populares do automobilismo internacional. O êxito que obteve no circuito de rally tem feito uma contribuição vital para a imagem da marca. Os clientes MINI sempre demonstraram grande interesse em automobilismo. Estou convencido de que vamos acrescentar mais alguns capítulos de nossa história de sucesso nos ralis. O Countryman MINI oferece uma excelente base para criação de um carro de corrida competitivo para o campeonato do mundo. Vemos na Prodrive um parceiro forte e experiente. Vamos trabalhar arduamente em conjunto durante os próximos meses para assegurar que o projeto comece no caminho certo."

"Este novo projeto no automobilismo é excitante", disse o presidente da Prodrive, David Richards. "Durante a década de 1960 MINI chamou atenção do mundo quando o minúsculo carro tomou a frente dos poderosos motores Ford V8 e venceu, o que era então um dos eventos mais difíceis do automobilismo, o Rali de Monte Carlo 4000 km. Eu acredito que nosso novo MINI vai se tornar um favorito firme da mais recente geração de fãs de rali, tal como ele é adorado por seus milhões de proprietários em todo o mundo. Nós já temos um número significativo de pedidos de clientes confirmada para o novo carro de rali MINI com as primeiras entregas previstas para o início da temporada de 2011."

Prodrive tem trabalhado no desenvolvimento do MINI Countryman WRC desde o início de 2009. A empresa foi formada em 1984 por Richards, que venceu o Campeonato Mundial de Rali como co-piloto de Ari Vatanen (FI) três anos antes. Baseado em Banbury (GB), a Prodrive se tornou uma empresa independente líder no setor automobilístico sob a orientação de Richards, e emprega hoje mais de 500 funcionários. Entre os seus muitos sucessos, a Prodrive acumula seis vitórias na geral do Campeonato Mundial de Rali, cinco títulos no Campenato Britânico de Turismo e três vitórias da classe nas 24 Horas de Le Mans (França).

A BMW estava presente quando o Campeonato Mundial de Rally fez sua estréia em 1973. Achim Warmbold (DE) e Jean Todt (FR) saborearam a vitória em sua BMW 2002 no Rally Alpenfahrt na Áustria. No entanto, a tradição MINI nesta modalidade é ainda mais distante: Pat Moss (GB) conquistou a primeira vitória com o MINI 850 em 1959 no Mini Miglia Nacional de Rally. Mas seus melhores momentos foram no Rali de Monte Carlo em 1964, 1965 e 1967: o MINI Cooper S comemorou três vitórias em geral no evento reunindo mais emblemática do mundo. Paddy Hopkirk (IR, 1964), Timo Mäkinen (FI, 1965) e Rauno Aaltonen (FI, 1967) entraram para a lista de vencedores deste prestigiado evento. Em 1965, "O Professor de Rally" Aaltonen também ganhou o Europeu de Ralis. Tony Ambrose (GB) e Mäkinen terminaram em segundo e terceiro para arredondar um excelente resultado global para o MINI Cooper S. Além disso, os pilotos MINI também emplacavam muitas vitórias individuais em campeonatos de renome em toda a Europa. A última vitória da BMW no World Rally Championship foi em 1987 na Córsega, Bernard Béguin (FR) dirigindo um BMW M3, que foi construído e gerido pela Prodrive.

Mini D CountrymanA partir de 2011, mais de 40 anos depois, o MINI Countryman WRC será responsável pela adição de novos capítulos à essa história de sucesso. Ele preenche a lacuna entre o conceito MINI clássico e contemporâneo Sports Activity Vehicle. O primeiro modelo da marca a apresentar quatro portas e uma tampa do porta malas com grande abertura, que oferece mais espaço e oferece mais versatilidade. Além disso, a sensação de pilotagem do MINI foi preservada e assume uma nova dimensão com o sistema opcional de tração na quatro rodas. O Countryman MINI expressa as virtudes definição da marca em termos de design, de qualidade premium, a dirigibilidade, a eficiência e a possibilidade de customização.

Com o seu turbocompressor twin-scroll e injecção direta agora complementados pela administração de válvula totalmente variável, o motor a gasolina de 1.6 litros de quatro cilindros oferece, de longe, o melhor equilíbrio entre a produção e o consumo de combustível em sua classe. O motor gera impressionantes 135 kW/184 bhp e permite que o MINI Cooper S Countryman acelere de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos. Além disso, o conceito de minimalismo vê a tecnologia abrangente projetada para reduzir o consumo de combustível e as emissões - como o Brake Energy Regeneration, Auto Start / Stop, Shift Point Display e operação com base na necessidade de componentes auxiliares - instalado como padrão e combinações específicas.

O MINI Cooper S Countryman e MINI Cooper D Countryman podem ser encomendados com opcional MINI All 4 - tração permanente em todas as rodas. Aqui, um diferencial central eletromagnético posicionado diretamente na unidade final varia a distribuição do força sem sobressaltos entre os eixos dianteiro e traseiro. Em condições normais de condução de até 50 por cento da unidade é enviada para as rodas traseiras e, em situações extremas, até 100 por cento. O resultado é ainda mais firmeza para a já consagrada e ágil dirigibilidade dos MINI.

Compartilhar

Do Blog

Até parece vide game

Na última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally, em Rio Negrinho / SC, experimentamos uma nova posição de camera. Ficou parecendo video-game. 

by acls us

Busca

Agenda

Sem eventos
Back to Top