Patrocínio

Artigos

Depois de alguns anos “namorando” os protótipos da TAC (Tecnologia Automotiva Catarinense), pude fazer um test drive em um  Stark logo que começou a ser vendido. Resultado: entrou imediatamente para lista de desejos. Hoje, como feliz proprietário de um desses modelos, pude realmente testá-lo.

Depois de 4 dias aprendendo a guiar um veículo a diesel na cidade, chegou a hora de colocá-lo em seu habitat natural: trilha!

Saímos em 3 jipes para Campo Magro, no Paraná, (um paraíso de trilheiros) com destino ao café colonial no O Casarão. No caminho, é claro, algumas variações na estrada oficial.

Logo na primeira trilha uma prova de seu desempenho fora de estrada, transpondo buracos, erosões e pedras sem o menor problema. Comecei a me animar e parti para obstáculos mais interessantes. As coisas foram indo bem até um poço de lama com uma saída íngreme. Plantamos o novo brinquedo novo pra valer!

Nem um pouco desanimado, seguimos adiante por mais algumas pequenas trilhas com direito a belas paisagens. Infelizmente uma das passagens de rio da região foi fechada (agora só pela ponte), então seguimos para o nosso café.

De “barriga cheia”, finalizei o teste com a subida do famoso Morro da Palha (que hoje estava particularmente divertido).

O carro tem excelente dirigibilidade, conforto, força para transpor todo tipo de obstáculo e um design incrível. Como ponto negativo(até o momento) só constatei que a forração interna faz um pouco de barulho em estradas esburacadas. Vamos rodando para conhecer melhor!

 


 

 

Compartilhar

Busca

Back to Top